Anuncie aqui!


“Terra Nova” era uma das grandes estreias deste ano. Ao lado de “Falling Skies”, é outro seria que conta com o forte nome de Steve Spielberg na produção, o que costuma ser um bom indício de qualidade. A história é interessante: uma família do século XXII é enviada ao passado, milhões de anos atrás, com a ideia de recolonizar o planeta Terra de maneira sustentável. É claro que essa não será uma missão fácil e muitos percalços acontecerão. Foi um início promissor, que criou grandes expectativas para os próximos episódios.
Não deve ser fácil estar à frente de um seriado que gera expectativa enorme meses antes de sua estreia. Cria-se uma atmosfera em torno do seriado, cada um imaginando a seu jeito o que virá, fantasiando, imaginando um monte de coisas. Quando se tem uma proposta como a de “Terra Nova”, isso fica ainda mais complicado. O enredo anunciado e o nome de Spielberg aumentaram a expectativa, especialmente com relação aos efeitos especiais que veríamos. E o seriado cumpre o que prometeu.
Desde o início, “Terra Nova” apresenta uma boa história. Ao invés de simplesmente focar na viagem no tempo, ela mostra antes a história da família Shannon. Num futuro em que nosso planeta passa por graves problemas de poluição atmosférica, a família comete um crime grave: tem 3 filhos, quando o limite é de apenas 2 por família. Isso os envolve em um problema com a polícia e leva Jim (Jason O'Mara), o pai, à prisão. É no meio dessa confusão que a mãe, Elisabeth (Shelley Conn), é escolhida para ir à Terra Nova, a colônia no passado onde a esperança de um reinício anima a todos. Claro que, com alguma habilidade, todos eles conseguem ir para lá.
É interessante ver a versão do mundo pré-histórico. Como um “Jurassic Park” às avessas, agora são os humanos que são levados para um mundo que não é o seu. Dentro do possível, é um mundo verossímil. A colônia humana é um refúgio cercado por todos os lados, onde as coisas não são perfeitas. Fora as dificuldades naturais, já há um grupo de rebeldes separatistas que torna as coisas mais complicadas. Isso as torna também interessantes, pois seria estranho ver uma comunidade convivendo em perfeita harmonia, seja em que planeta ou tempo fosse.
Mas, nem tudo é perfeito em “Terra Nova”. Apesar de um bom elenco adulto, o elenco adolescente é sofrível. O destaque negativo fica por conta de Landon Liboiron, que interpreta Josh Shannon, o filho mais velho. Em momento algum ele convence em sua atuação. Uma boa surpresa fica por conta de Allison Miller. Além de ser uma gracinha, ela já atuou em “Kings”  e dá conta de seu papel. Entre os estereótipos, o mais marcante é o Comandante Nathaniel Taylor, interpretado por Stephen J. Lang, que praticamente repete o seu papel do filme “Avatar”, com a diferença que aqui ele enfrentará dinossauros ao invés dos Navees.
Para mim, o grande problema de “Terra Nova” será a sequência do enredo. Sem originalidade, é fácil o seriado cair no lugar-comum, com os humanos enfrentando dinossauros e outras dificuldades a cada dia. A esperança recai sobre estranhas equações desenhadas pelo filho desaparecido de Taylor, que parece nos alertar sobre as consequências que as ações passadas podem causar no futuro. Por enquanto, “Terra Nova” continua sendo uma ótima promessa!




Áudio: Inglês
Legenda: Português
Tamanho:  700MB  (média cada episódio). 1.61 GB ( Média cada episódio )
Formato: AVI/MKV
Qualidade: HDTV/Bluray 720p
Duração: 46 min ( média cada episódio )
Ano de Lançamento: 2011
Gênero: Aventura / Mistério / Ficção Científica OBS: Episódios 1e2 ( Part 1 e Part 2 ). ( Temporada finalizou com Dois episódios Juntos).
Nota IMDB: 6.7
Título Original: Terra Nova
Co-produção: Fox
Total de episódios: 13
Hospedagem: Torrent
HDTV
BLURAY 720p

0 comentários:

Postar um comentário

DESCRIÇÃO-AQUI.